Das Belas Palavras às Moradas Nômades: a busca da poesia

  • Izabela Leal
Palavras-chave: tradução, cantos indígenas, memória, poesia

Resumo

Os livros Terra sem Mal: com rolanças e mergulhos pelos divinos roteiros secretos dos índios Guarani (2005) e Roça Barroca (2011), da poeta paranaense Josely Vianna Baptista, apresentam traduções de cantos sagrados dos mbyá-guarani, e também poemas que tematizam, em sua maioria, o período colonial da história do Brasil. Este trabalho pretende investigar a relação entre essas duas propostas aparentemente díspares, tanto explorando as possíveis relações entre o ato de tradução e o de criação, como também as variadas temáticas que atravessam os cantos indígenas e os poemas. Em ambos os livros, essas duas séries, postas lado a lado por meio de uma operação da memória, formam uma composição heterogênea, dissolvendo os discursos enrijecidos e apontando para uma temporalidade sempre renovada.
Como Citar
Leal, I. (2017). Das Belas Palavras às Moradas Nômades: a busca da poesia. ELyra: Revista Da Rede Internacional Lyracompoetics, (9). Obtido de http://elyra.org/index.php/elyra/article/view/171
Secção
Ensaio