Três tradutores de poesia no Brasil do século XIX

  • Marcus Rogério Salgado
Palavras-chave: Tradução, poesia, literatura brasileira

Resumo

O objetivo do presente artigo é um estudo de corte historiográfico sobre três tradutores de poesia brasileiros atuantes no século XIX: Odorico Mendes, João Cardoso de Menezes e Sousa e Francisco Otaviano. Os três, além de poetas, também foram ativos tradutores e acabaram por partilhar de mesma fortuna crítica, que os fixou em uma posição microscópica, a despeito da circulação de suas obras tradutórias. Nos três casos, a tradução de poesia encampa um projeto romântico de atuação no campo estético, pelo qual se revelam informações sobre a vida literária e, por conseguinte, a vida social brasileira do período, em seus hábitos de leitura e no processo de formação do tradutor de poesia no Brasil oitocentista.

Como Citar
Salgado, M. (2017). Três tradutores de poesia no Brasil do século XIX. ELyra: Revista Da Rede Internacional Lyracompoetics, (9). Obtido de http://elyra.org/index.php/elyra/article/view/179
Secção
Ensaio