Entre Florença e Serém: José Miguel Silva num itinerário para uma poética da solidão

  • Cristina Oliveira Ramos Universidade do Porto

Resumo

O presente ensaio visa abordar as problemáticas da solidão e do êxodo em duas obras de José Miguel Silva: Erros Individuais (2010) e Serém, 24 de Março (2011). Partindo de uma leitura conjugada de poemas pertencentes a ambos os livros, procura-se evidenciar não só a militância crítica do autor face à sociedade contemporânea, como ainda o seu ímpeto evasivo de uma comunidade urbana, evoluída, porém corrompida no seu âmago.

Como Citar
Ramos, C. (2018). Entre Florença e Serém: José Miguel Silva num itinerário para uma poética da solidão. ELyra: Revista Da Rede Internacional Lyracompoetics, (11), 113-128. Obtido de http://elyra.org/index.php/elyra/article/view/235